Brasilgamer.com.br

Frente a frente: Titanfall 2

Mechs-petacular.

Titanfall 2 é um jogo de ação em primeira pessoa a 60fps. No papel pode não soar nada bem. É o elemento que define a experiência Call of Duty, e o padrão que domina os FPSs de topo nos consoles, ao ponto que os jogos a 30fps tiveram que evoluir para se igualar. Resumindo: Battlefield e Halo juntaram-se ao clube dos 60fps. O que torna Titanfall 2 diferente, especial, é que ele faz mais do que ter os 60fps como alvo - entrega isso plenamente. A sensação é fantástica, e mesmo na mais intensa ação multi, é consistentemente brilhante de jogar.

A performance é importante pois é um componente integral da sua sensação. As mecânicas neste jogo são excepcionais - começa com uma interface muito firme entre jogador e jogo - um compromisso com a latência o mais baixa possível. E o melhor de tudo é que este elemento é praticamente igual entre o PlayStation 4 e o Xbox One.

A atenção ao detalhe vai além do esquema de renderização. A Respawn Entertainment otimizou o ambiente do jogo de acordo com o controle, ao invés de um sistema comum a todos. A gestão da inércia e zonas mortas é perfeita, em todos os sistemas. Titanfall 2 processa de forma incansável as suas ordens com uma precisão incrível e providencia uma resposta excepcional. O golpe físico é um belo exemplo - a animação, físicas e áudio combinam para produzir um resultado satisfatório quando atacam de perto.

Frente a frente de Titanfall 2 no PS4, Xbox One e PC. Em breve falaremos do jogo rodando no PS4 PRO.

Não é o mais belo shooter do mercado, mas para a Respawn, os visuais não têm precedência sobre a sensação do jogo. Séries como Battlefield e Call of Duty perdem frames para garantir os visuais, comprometendo a sensação do jogo para obter gráficos melhorados, momentos épicos ou funcionalidades de rede ambiciosas. Titanfall 2 não. A qualidade da ação, a consistência absoluta na sensação da experiência - torna-o diferente, especial.

O frame sólido entrega resultados similares a Halo 5 da 343i - jogo que introduziu ajustes técnicos para assegurar uma atualização sustentada e consistente a 60Hz. Ao empregar uma resolução dinâmica, a Respawn Entertainment usa uma técnica similar para assegurar a sua consistência. No beta, a Respawn optou por um frame sub-nativo nos dois consoles, apoiado por um anti-aliasing temporal impressionante.

No jogo final, a resolução varia dependendo da carga sobre a GPU, e na maioria da experiência, é algo positivo. Na maioria do jogo, o PS4 roda a 1000p, no Xbox One perto de 810-828p. Métricas absolutas e é algo difícil de acontecer, devido ao anti-aliasing super-sampling temporal, que dificulta a descoberta de arestas geométricas duras, essencial para contar os pixeis.

PCPlayStation 4Xbox One

Titanfall 2 on PC at max settings versus PS4 and Xbox One. A dynamic resolution is used on console, causing the image to scale its pixel output up and down based on the demands per scene. The result is a softer image on PS4, and softer still on Xbox One.

PCPlayStation 4Xbox One

Shadow quality is lower on consoles. Notably, this affects the filtering cascade for shadows, meaning you see a visible filtering line across the floor on PS4 and Xbox One.

PCPlayStation 4Xbox One

Texture and water shaders are a close match for PC's best settings. However, consoles miss out on PC's ambient occlusion effect -shade noticed around grass blades here.

PCPlayStation 4Xbox One

Model detail is also the same on all three formats, but from afar, the lower resolutions on PS4 and Xbox One can dull textures a tad.

PCPlayStation 4Xbox One

Another shot to illustrate shadow resolution differences up-close. Shade outlines to the top-left are lower resolution on PS4 and Xbox One.

PCPlayStation 4Xbox One

Based on matching scenes, particle and alpha effects quality are matched between the three formats.

PCPlayStation 4Xbox One

Ambient occlusion is enabled on PC, producing shade between geometric elements in a scene, such us the rocks on the left.

PCPlayStation 4Xbox One

Draw distances are ultimately close between PC, PS4 and Xbox One too - and all three show LOD transitions on foliage at the same point.

O beta de Titanfall 2 perdia frames nos consoles, por isso a resolução diminuía abaixo desse padrão fixo do beta - vimos o PS4 descer para 720p nos momentos mais intensos, enquanto o Xbox One desce ainda mais. Ainda não sabemos o quão baixo vai - a reconstrução temporal torna isso difícil. Até recortamos arestas que vão de 480 para cima - no entanto, a conduta pós-processamento de Titanfall 2 pode estar trabalhando com efeitos alpha de baixa resolução, reduzindo a contagem de pixeis onde as transparências se cruzam com arestas geométricas.

A aposta da Respawn é recompensada - especialmente no PS4, onde as quedas são menos sustentadas, e a imagem mais limpa, especialmente no multi. Mas é interessante notar que o PC tem uma qualidade de imagem muito melhor - mesmo ficando a 1080p. A suavidade da apresentação é reduzida e a imagem apresenta muito mais detalhe, apesar do impacto estar reservado a áreas onde a conduta pós-processamento impressionante não é muito desafiada.

O que impressiona na resolução fixa do PC é que a opção TSAA funciona de forma similar à de Far Cry 4 - 1080p combinado com super-sampling via componente temporal adiciona uma camada extra de brilho ao jogo. Sem a resolução dinâmica, a TSAA do PC também não sofre com os ocasionais artefatos pulsantes vistos nos consoles.

A solidez do bloqueio a 60fps é impressionante, mas pode ser quebrado? Tentamos vários testes e o jogo impressionou, mesmo nas lutas mais intensas entre Titãs.

Testes adicionais: PS4 vs Xbox One - análise à performance na campanha.

A amostra 1080p do PC são boas notícias para o PS4 PRO - a Respawn nos disse que os limites superiores e inferiores da resolução dinâmica são ajustados - a resolução nativa consegue aproximar-se de 1080p se estiver com uma tela 4K, enquanto numa TV 1080p recebem um sinal convertido. O PS4 PRO oferece super-sampling espacial e temporal - teremos mais sobre isto em breve.

No PC também temos refinamentos, mas as melhorias são poucas. As texturas e geometria são iguais as dos consoles, no entanto as melhorias resumem-se a sombras de melhor resolução, com cascatas altamente melhoradas, e profundidade adicional com o uso de oclusão ambiental, via pós-processamento, ausente dos consoles. No entanto, apesar da base ser igual, o PC oferece uma bela capacidade de adaptação a uma experiência que já é excelente nos consoles.

Gameplay a 4K no PC a 60fps? Fomos para a Titan X Pascal para conseguir.

Titanfall 2 - O veredicto da Digital Foundry

O PC está no topo da lista - altamente otimizado, boa capacidade de adaptação, e oferece os melhores visuais quando usam o equipamento certo. A versão para PS4 fica em segundo - essencialmente a mesma experiência, mas com um aspecto menos nítido.

Depois temos o Xbox One. O mesmo frame robusto, e um sistema super-sampling temporal que funciona bem. No entanto, quando o motor está debaixo de alta carga - especialmente no multi, a TSAA fica com aspecto pobre. Felizmente, esses momentos são raros, mas o diferenciador chave é a consistência - a resolução do PS4 varia muito, mas no calor da ação é raro perceber. Seja qual for o valor inferior no Xbox One, as quedas são perceptíveis.

Titanfall 2 é um jogo construído sobre a combinação de mecânicas fantásticas e a interface mais firme entre jogador e jogo que vimos em muito tempo. É um verdadeiro shooter a 60fps. Entrega esse alvo de forma consistente e apenas em momentos mais intensos entre Titãs temos quebra, e é consistente entre as três versões. Existem muitos jogos chegando que exigem a sua atenção, mas Titanfall 2 é o shooter mais divertido que jogamos até hoje.

Comentários

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela sua contribuição!

  • Carregando...