Brasilgamer.com.br

Digital Foundry: Jogamos COD Infinite Warfare no PS4 Pro

O novo console da Sony leva Call of Duty para a era 4K.

As melhorias do PlayStation 4 Pro para títulos compatíveis são variáveis, indo de aumentos na resolução a ajustes visuais. Call of Duty: Infinite Warfare nos deu uma melhor perspectiva sobre isto - disponível na EGX 2016. Rodando numa fila de seis PS4 Pro, foi possível compará-lo com uma versão similar do multiplayer rodando no PS4 original - oportunidade rara para ver os ganhos em jogos compatíveis, conforme se aproxima o lançamento em 10 de Novembro.

O consenso aqui na Digital Foundry é que a constituição visual está muito aproximada entre o PS4 Pro e o PS4, a resolução é a única melhoria. Apesar dos mapas diferirem em cada console (no PS4 Pro rodava uma bela versão sci-fi de Terminal de Modern Warfare 2) não existem sinais que o novo console ofereça cenários de maior qualidade ou até efeitos, enquanto roda a 4K. O aumento na resolução parece ser o foco.

Vimos o mesmo jogo, mas rodando com mais pixeis que criam uma imagem mais nítida. O código que vimos sugere que o conversor de resolução por xadrez da Sony é usado aqui. Tal como Horizon: Zero Dawn e outros jogos vistos na PlayStation Meeting, rodando a 2x 1080p num formato xadrez 2x2, extrapolado para ficar muito perto da resolução nativa. Isto também se pode manifestar como um sutil efeito pontilhado em arestas de alto contraste em movimento, difícil de ver a não ser que esteja muito perto da tela.

Isto tem dois efeitos na qualidade de imagem de Infinite Warfare, dependendo se a câmera está estática ou se está em movimento. Durante o gameplay rápido, o uso de conversão em xadrez é combinado com uma passagem de anti-aliasing temporal para produzir linhas excepcionalmente limpas - e este método AA ajuda a disfarçar alguns dos artefatos. O contra disto é que esta AA também adiciona um artefato de mistura visível em algumas imagens. O movimento no PS4 Pro é uma melhoria incrível em termos de claridade sobre o que temos no PS4 normal. Sentados a uma distância razoável e rodando a 4K, é difícil ver os artefatos.

John e Tom falam sobre a sua experiência com o PlayStation 4 Pro na EGX. Também falam de outras coisas vistas no evento.

A imagem estática é mais reveladora ainda. Uma imagem de Infinite Warfare tirada com a câmera do jogo parada nos oferece uma proporção 1:1 perfeita entre cada aresta, e os pixeis da tela 4K usados para apresentar o jogo na EGX. Essencialmente, isto significa que sempre que paramos de mover a câmera, o jogo começa a apresentar detalhe a um nível quase indistinguível de 4K nativa. É um ponto trivial tendo em conta a alta velocidade da série COD, mas é um sinal interessante de como funciona a tecnologia e os benefícios da abordagem PS4 Pro à 4K.

Outra coisa que merece referência é que quando estático, Infinite Warfare não apresenta sinais de AA em arestas geométricas nesta versão. Apesar da estrutura 4K nestes momentos, não existe efeito escada óbvio que implique que o jogo recorre apenas a AA temporal. O problema desaparece assim que tocam nos analógicos, fazendo com que fiquem novamente suaves - mas será interessante ver se o produto final é lançado com uma solução mais concretas.

Boas notícias para os donos de telas 4K, mas além da resolução, as melhorias são mínimas - até o nível do filtro anisotrópico parece igual entre o PS4 e o Pro, algo que podia ser melhorado. No entanto, a opção de simplesmente aumentar a resolução é um suporte fácil à nova máquina - algo que provavelmente iremos ver em vários jogos a curto prazo. Para os que não querem comprar uma TV 4K além do PS4 Pro, ainda existe a questão de como este jogo vai beneficiar em telas 1080p - seja com frames mais suave, ou uma potência full HD mais limpa, por super-sample.

Curioso quanto à performance de Infinite Warfare vista na campanha durante o PlayStation Meeting? Nós tratamos disso.

Quanto ao frame no PS4 Pro em 'modo 4K': é um jogo predominantemente a 60fps, mas as quedas vistas no PS4 normal ainda persistem. Estas quedas surgem durante a habitual explosão de efeitos alpha, e apesar de precisarmos de uma análise apropriada quando chegar a versão final, no momento as quedas na performance no Pro são mais perceptíveis do que no PS4 original. A diferença no mapa entre as duas versões torna esta comparação injusta, mas no momento, podemos dizer que os ganhos na performance não são aparentes no console mais poderoso. As duas versões têm problemas.

É um nível similar de performance à da amostra da campanha vista no evento de 7 de Setembro. Será para reforçar a paridade competitiva online, entre quem joga no PS4 ou no Pro? No entanto, o jogo competitivo é forte nos dois consoles, onde a experiência PS4 Pro está desenhada para satisfazer as necessidades 4K, sem dúvida estamos ansiosos para ver as novas telas brilharem.

O que vimos de Infinite Warfare no PlayStation 4 Pro é promissor - o jogo é visualmente impressionante, e foi bom ver outro jogo que usa a tecnologia de conversão de resolução da Sony. A impressão geral é que o Pro é capaz de tirar proveito da densidade extra de pixeis em telas 4K - podem não ser 3840x2160 de detalhe cristalino, mas é uma clara melhoria sobre a 1080p padrão.

Comentários (3)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela sua contribuição!

  • Carregando...