Brasilgamer.com.br

Alien: Isolation - Análise

O que esperar depois do fiasco de Aliens: Colonial Marines?

Despreparados, e com poucos recursos, temos que improvisar soluções, vasculhar os ambientes e usar nossa criatividade para nos manter vivo.

Aliens: Colonial Marines foi uma das maiores decepções para um jogo da séria Alien, que foi produzido pela Gearbox. Agora essa nova empreitada assumida pela Creative Assembly, com Alien: Isolation, quer mudar nossa opinião nos entregando um renovado e inspirado jogo baseado na série Alien. Será que eles conseguiram essa façanha?

O título vai nos levar dentro de uma estação espacial abandonada, onde o medo e o pânico tomaram conta dos habitantes. Os jogadores vão encontrar aqui uma atmosfera de perigo e terror, onde constantemente serão perseguidos. Despreparados, e com poucos recursos, temos que improvisar soluções, vasculhar os ambientes e usar nossa criatividade para nos manter vivo.

Os eventos acontecem 15 anos depois de Alien. A filha de Ellen Ripley é a protagonista e embarca em uma missão para descobrir o motivo do desaparecimento de sua mãe. Aqui sua única arma é um sensor de movimentos, que indica exatamente onde o Alien está. Para sobrevivermos, devemos criar armadilhas e algumas armas que causam poucos danos. No entanto, a atmosfera do jogo nos propõe evitar ao máximo qualquer tipo de contato com esse Xenomorph.

A ideia da SEGA e da Creative Assembly é oferecer um FPS com elementos fortes de survival horror, onde podemos contar com a possibilidade de se esconder sob mesas ou armários com apenas alguns objetos que serão encontrados no decorrer da aventura, além do detector de movimento, uma ferramenta fundamental tanto para sobreviver e para criar a atmosfera necessária.

Mais sobre Alien: Isolation

Podemos ocasionalmente usar uma arma, um pé de cabra, e até mesmo um lança-chamas, mas nada que irá resolver nosso problema, apenas vai afastar o perigo por um tempo. O detector, será a chave para superar os momentos mais difíceis, principalmente enquanto espera por um elevador que sempre sobe muito lentamente, ou enquanto a música torna-se definitivamente angustiante. Tudo para deixar o seu batimento cardíaco acelerado.

Claro que o Alien não é seu único problema, estamos dentro de uma estação espacial abandonada, um lugar onde os seres humanos foram deixados para lidar com o fracasso do projeto, enquanto androides estão totalmente fora de controle. Um lugar com ambientes e corredores esfumaçados e mal iluminados, dutos de ventilação que pode ser a sua ruína ou sua salvação, onde as sombras são assustadoras, e o som de passos pode mantê-lo preso meia hora em um canto, tentando entender o quê está acontecendo.

Trailer fantástico e intenso de Alien Isolation

Realmente a Creative Assembly conseguiu inserir um ambiente medonho e perfeito para o jogo em questão. Isso porque em Alien: Isolation todo o nosso caminho é acompanhado pelo medo e quando somos surpreendidos pelo Xenomorph nosso coração parece que vai sair pela boca. Além disso, alguns androides parecem mortos, mas não estão, sendo assim, vamos passar a maior parte do tempo em estado constante de alerta, onde o medo não é causado pela ameça em si, mas pelo que iremos encontrar no caminho.

Estamos inseridos em um ambiente que gera tensão absoluta, onde sustos inevitáveis são praticamente constantes. Ser perseguido por um Xenomorph com características mortais e extremamente rápido não é nada confortável, onde morte após morte vamos conseguir entender o verdadeiro propósito e só assim desfrutar melhor essa experiência.

A IA do jogo é criada para se adaptar a seus movimentos. Isso funciona no começo, mas logo entendemos que também é bastante previsível, quando você entende o que é necessário fazer. Um exemplo básico é deixar uma isca para atrair o Alien até um determinado local, dessa forma ganhamos tempo para realizar alguma tarefa. É um jogo de esconde-esconde, onde a margem de erro é mínima. O ritmo é tratado de uma forma magistral, e ao mesmo tempo permitindo alguns momentos para recuperar o fôlego antes de encarar outra situação nova e assustadora.

Trailer de Alien Isolation revela os perigos dos dutos de ar

Até mesmo salvar o jogo gera medo e vai causar amor e ódio entre os jogadores. Não podemos salvar o jogo quando desejarmos. Temos que procurar por pontos de resgate e ao mesmo tempo não ficar vulnerável ao inimigo. Talvez isso possa ser frustrante no final, como uma espécie de tentativa e erro, onde morrer também se torna uma forma de compreender os seus limites e a estratégia certa a ser utilizada.

Alien: Isolation é um jogo difícil, mas nem por isso vai afastar o público. Após horas de jogatina, podemos dizer que temos em mãos um jogo complexo, mas não impossível. Além disso, para os mais destemidos que procuram por longevidade, teremos o Modo Sobrevivência em uma série de cinco aterrorizantes e desafiadores pacotes deste modo que estarão disponíveis a partir de 28 de outubro, separadamente, ou em conjunto através do Season Pass.

Se você busca por um bom desafio a SEGA e a Creative Assembly irão satisfazer os mais exigentes, oferecendo um título emocionante e totalmente recomendado para os fãs do gênero. Temos que concordar que a SEGA se redimiu e nos presentou com um título da série Alien realmente impressionante.

9 / 10

Alien: Isolation - Análise Christian Donizete O que esperar depois do fiasco de Aliens: Colonial Marines? 2014-10-07T08:00:00-03:00 9 10

Comentários (7)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela sua contribuição!

  • Carregando...