Tomb Raider: Definitive Edition - Análise

Lara retorna, mas agora para a nova geração de consoles.

Após o grande sucesso de Lara Croft no PC, PS3 e Xbox 360 em uma nova edição de Tomb Raider. Agora os donos do Xbox One e PS4 - que já jogaram ou não a edição do ano passado - podem conhecer ou revisitar o título em Definitive Edition.

Como se trata de uma versão praticamente idêntica, a jogabilidade se mantém inalterada. Na verdade, estamos diante da melhor versão possível do jogo, onde os poucos pontos fracos das edições anteriores foram eliminados e as características técnicas do produto foram elevadas ao mesmo nível da edição para PC, ou seja, depois de vários meses desde o jogo original, esta edição definitiva também serve para compreender ainda mais o excelente trabalho realizado pela equipe da Crystal Dynamics.

Com exceção dos frames que rodam a 60fps no PS4 e 30fps no Xbox One - um assunto abordado em nosso artigo sobre a análise de desempenho - o restante da experiência, de forma alguma, é comprometida. Uma experiência, que para aqueles que irão entrar, seja pela primeira vez ou não nesse universo, continua sendo muito gratificante.

Em Definitive Edition a personagem de Lara Croft também evoluiu... e muito. Agora nossa heroína é muito mais detalhada e possuí um trabalho mais refinado. Lara agora possuí uma série de efeitos que anteriormente estavam restritos a edição para PC, principalmente em relação ao TressFX que dá o cabelo da protagonista um movimento muito mais natural e fluido. Efeitos de pele e suor também estão representados aqui de uma forma sensacional.

Tomb Raider: Definitive Edition - Trailer de anúncio em português

Tudo começa em um navio chamado Endurance que está a procura de uma ilha chamada Yamatai. A partir dai conhecemos Lara, uma jovem arqueóloga, que nem imagina aonde vai se meter, e que deve superar todos os seus medos para se tornar uma verdadeira sobrevivente. Lara vai sofrer muito, sentir dor, se machucar, e mostrar o quão frágil somos em situações extremas, mas ao mesmo tempo o quão forte somos para superar todos os desafios impostos para prosseguirmos em frente. Tomb Raider mostra um enredo bem elaborado e não perde seu brilhantismo em nenhum momento, sempre deixando aquela sensação de quero mais.

Lara, agora não é mais aquela mulher dotada de acrobacias fenomenais que conhecemos de outros jogos da série. Ela precisa aprender a lidar com diversas situações, e sobreviver, passa a ser a palavra de ordem para nossa heroína. Lara entende que é necessário matar ou ser morta e precisa aprender a lidar com isso de uma forma natural, deixando claro, que é apenas uma questão de sobrevivência.

Sendo assim, é necessário que Lara assuma o controle da situação e comece a explorar o local de uma forma que ela possa usufruir do que existe ao seu redor. Ela terá que caçar, manusear armas, se esconder e fazer de tudo para que de alguma maneira ela se mantenha viva. O cenário criado pela Crystal Dynamics sem dúvida permite que isso seja possível. Os locais trazem detalhes impressionantes, e uma mecânica de jogo que também nos dá uma sensação de liberdade, tudo isso misturado com fantásticas cenas cinematográficas.

Instinto de sobrevivência faz a jogatina ficar mais fácil. Aperte o botão e a tela fica sem cor, dando um destaque dourado para os locais importantes. Também serve para indicar onde Lara precisa ir através de uma luz que sai do céu ao chão. Isso funciona para atacar um inimigo, caçar um animal, ou até mesmo resolvermos alguns quebra-cabeças.

"Efeitos de pele e suor de Lara estão representados aqui de uma forma sensacional."

Falando em quebra cabeças, Tomb Raider nos traz alguns desafios interessantes que devemos solucionar. Esses desafios aparecem durante o jogo, e alguns deles nos fazem pensar para podermos progredir. Além disso, devemos coletar itens perdidos, armas (que podemos melhorar) e também novas habilidades que irão sendo desbloqueadas. Não precisamos resolver tudo para concluirmos a campanha, mas os fãs mais determinados irão aguçar seu senso de explorador e se dedicar ao máximo para chegar aos 100%.

O jogo é muito intenso e a aventura dificilmente dá uma pausa, e durante a aventura vamos encontrando diversos acampamentos (uma fogueira). O primeiro acampamento, Lara tem que preparar, os outros são encontrados durante a campanha. Servem como uma espécie de "marcação de território", um local para aumentar suas habilidades, armas e também, uma maneira rápida de acessar os locais por onde passamos. Assim, podemos voltar para um determinado local para o explorarmos novamente, sem precisar percorrer todo o trajeto outra vez.

Como em qualquer jogo de ação ou tiro, devemos também ficar atentos ao inimigos mortos. Após abatidos, aperte o botão sobre eles para empilhar os corpos. É somente para ganhar pontos de experiência, Não pense que Lara vai colocar um monte de marmanjos, um em cima do outro. Munição e itens são encontrados pelo caminho em formas de caixas e arco e flechas. Algumas armas são essências não apenas para derrubar oponentes, mas também para caçarmos animais. O arco e flecha é um bom exemplo disso. Serve tanto para atacarmos como também caçarmos. Lara precisa da caça para se alimentar e também ganhar pontos de experiência. Pontos de experiência aumentam as aptidões de Lara, permitindo que ela possa se tornar mais resistente a danos, possa escalar montanhas, melhorar sua pontaria e seu combate corpo-a-corpo ou até mesmo jogar lama nos olhos dos adversários.

Tomb Raider: Definitive Edition - Trailer de lançamento

O interessante em Tomb Raider é o modo furtivo. Alguns momentos específicos do game, Lara tem que atacar discretamente para não chamar a atenção de outros inimigos. Podemos passar despercebidos durante a noite sem sermos notados, ou abater nossos inimigos silenciosamente por de trás de cada um. É possível também uma abordagem mais "violenta" se preferir, mas quem preferir um modo furtivo vai ficar entusiasmado com o que temos aqui.

Sobre o multiplayer, aqui somos convidados a investir nosso tempo para subirmos de nível. A princípio parece interessante, mas não oferece nenhuma novidade. Deixa claro, que é apenas um modo que se torna necessário nos dias de hoje para aumentar a longevidade do jogo. Podemos optar por modos de combate contra todos ou entre equipes. É possível também personalizar nossas armas, porém nada mais que isso. Realmente não inspira muito.

Podemos concluir que com uma campanha extremamente forte, a Crystal Dynamics demonstrou seu potencial nesse novo projeto, mas deixou um pouco a desejar com o multiplayer. Tomb Raider é sem dúvida um jogo que não deve passar despercebido e que merece sua atenção. Sua campanha empolgante com cenas cinematográficas aliado a capacidade de caçar, sofrer junto com Lara, sentir-se acuado, com medo. Tudo é passado com muita competência ao jogador e isso faz de Tomb Raider um jogo que não pode ficar de fora de sua prateleira.

9 / 10

Leia nosso sistema de pontuação Tomb Raider: Definitive Edition - Análise Christian Donizete Lara retorna, mas agora para a nova geração de consoles. 2014-01-29T16:40:00-02:00 9 10

Comentários (2)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela sua contribuição!

  • Carregando...