Brasilgamer.com.br

PlayStation All-Stars Battle Royale - Análise • Página 2

Reúna os amigos e parta para a pancadaria.

PlayStation All-Stars Battle Royale reuni os principais personagens da Sony em um universo beat´em up, onde cada um leva suas características principais para dentro do ringue com um único objetivo: derrubar seu oponente.

Ao vencermos uma batalha adquirimos pontos de experiência que fazem seu personagem subir de nível e também desbloquear alguns itens extras como provocações, novos trajes e até mesmo poses finais de vitória. É claro, que além disso recebemos itens para personalizar nosso perfil.

Mas para um jogo com essa proposta onde até quatro jogadores entram em combate os cenários devem proporcionar formas diferentes para que seja possível utilizar estratégias de luta, e PlayStation All-Stars Battle Royale faz isso muito bem. Os cenários (quatorze ao todo) são completamente bem elaborados, cheios de detalhes e totalmente interativos. Durante as batalhas os cenários podem ajudar ou atrapalhar os jogadores. Cada cenário tem suas armadilhas específicas e com o decorrer da partida vão tentanto acertar quem estiver pelo caminho.

O sistema de combate é realmente simples e sem firulas. Com três botões podemos fazer a festa aqui. Utilizando apenas o quadrado. triângulo e o botão bola já somos capazes de causar um estrago nos adversários e criar combos incríveis. Os demais botões servem para saltar defender e acionar os especiais. Um detalhe que vale resaltar é sobre o direcional analógico direito, que realiza dois tipos de agarre, basta estar perto do inimigo pressiona-lo para cima ou para baixo.

Até ai tudo bem, mas o jogo não se limita apenas ao modo solo e oferece muitos desafios para manter a longevidade de PlayStation All-Stars Battle Royale. No modo versus é que suas habilidades serão testadas. É possível jogar contra o computador ou com seus amigos através do sistema Wi-fi ou Ad hoc . Porém a grande sacada da Sony está no modo Cross-Play, onde, por exemplo, dois PS Vitas podem se conectar com dois PS3 e duelarem em batalhas realmente divertidas. Esse modo torna também o PS Vita um verdadeiro comando extra e, você pode batalhar se orientado na tela da TV ou no próprio portátil. Isso vale também para o sistema online.

Para a equipe de produção no meu ponto de vista, o maior desafio foi reunir todos esses personagens de universos distintos dentro de um jogo de luta e equilibra-lo de forma que o sistema não seja favorável a um determinado lutador. Devo admitir que a Sony fez isso muito bem, e oferece batalhas totalmente equilibradas independente de qual personagem você escolher. Isso é um fator crucial que se utilizado de forma errada pode causar frustração em jogos desse tipo.

PlayStation All-Stars Battle Royale é simplesmente um jogo fantástico que apesar de lembrarmos de Smash Bros. tem suas características particulares e oferece um pacote completo ao jogador. Com um sistema de combate equilibrado, cenários interativos, personagens carismáticos, diversos desafios extras e um modo Cross-Play realmente interessante, eu diria que PlayStation All-Stars Battle Royale é sem dúvida um dos melhores jogos para o portátil neste ano e deve gerar horas e horas de diversão, principalmente se compartilhado com seus amigos. Se você tinha dúvidas sobre esse game, vale a pena o dinheiro investido.

9 / 10

PlayStation All-Stars Battle Royale - Análise Christian Donizete Reúna os amigos e parta para a pancadaria. 2012-11-20T14:00:00-02:00 9 10

Comentários (29)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela sua contribuição!

  • Carregando...