PlayStation All-Stars Battle Royale - Análise

Reúna os amigos e parta para a pancadaria.

PlayStation All-Stars Battle Royale reuni os principais personagens da Sony em um universo beat´em up, onde cada um leva suas características principais para dentro do ringue com um único objetivo: derrubar seu oponente.

É impossível não comparar PlayStation All-Stars Battle Royale com Smash Bros. Não teria uma frase melhor para iniciar essa análise pois as semelhanças entre os dois jogos são muitas, porém se você se sentiu em casa com os personagens da Nintendo, PlayStation All-Stars Battle Royale vai se tornar familiar rapidamente e poderemos então tentar compreender a ideia que a Sony tentou passar com seu novo título e o que ele tem a oferecer aos jogadores. Como todos sabemos PlayStation All-Stars Battle Royale é um jogo que reuni os principais personagens da Sony em um universo beat´em up, onde cada personagem leva suas características principais para dentro do ringue com um único objetivo: derrubar seu oponente.

A proposta que a Sony mostrou durante o tempo de produção do jogo, realmente no deixou empolgados e tivemos boas impressões em todos os sentidos. Durante a BGS 2012 o jogo foi apresentado na conferência da Sony e levou toda a imprensa ao delírio, mostrando uma jogabilidade frenética com cenários interativos e muita pancadaria. Eu diria que a Sony tentou prestar uma homenagem aos seus principais personagens, reunindo todos eles em um game que não retrata na verdade, nada que cada um deles sempre nos propôs, mas promove a ideia de simplesmente nos divertir, seja sozinho ou com os amigos.

Em PlayStation All-Stars Battle Royale o jogador entra no campo de batalha enfrentando até quatro oponentes simultaneamente, em diversos modos de jogo. Temos o modo solo que traz uma campanha especifica para cada personagem . Ao todo temos 20 lutadores entre os quais alguns são figuras bem conhecidas como Kratos de God of War, Nathan Drake de Uncharted, Cole de Infamous e até o veterano Heihachi de Tekken.

Em PlayStation All-Stars Battle Royale o jogador entra no campo de batalha enfrentando até quatro oponentes simultaneamente, em diversos modos de jogo.

Playstation All-stars Battle Royale em vídeo inédito

Dentro do modo solo temos a opção de iniciar um tutorial básico, avançado e também um tutorial específico com os combos de cada personagem. Eu diria que é interessante e muito útil, já que nos mostra diversas formas de realizarmos comandos diferentes para atacar, se defender e utilizar os golpes especiais.

No modo campanha podemos escolher nosso lutador preferido e iniciar o combate. A primeira luta será apenas contra um oponente, uma espécie de aquecimento para depois evoluir para dois oponentes e finalmente lutarmos contra três oponentes. Dentro das batalhas o objetivo não é acabar com a barra de energia de seu inimigo, mas sim eliminar os oponentes do ringue o maior número de vezes possíveis dentro de 3 minutos. Isso funciona mais ou menos assim.

O sistema de batalha é muito variado e podemos aplicar diversos combos e golpes especiais seguidas vezes. Durante meu teste o personagem que mais utilizei foi Kratos e o deus da guerra não deixa a desejar quando o assunto é descer o braço. Durante as batalhas temos uma barra que enche em três etapas. A primeira delas disfere um golpe mais forte, a segunda já permite acionarmos um pequeno poder característico de cada lutador e a terceira aciona um golpe especial. Os golpes especiais são outra atração a parte e quando acionados são realmente devastadores. Esses golpes são os responsáveis por eliminar os oponentes, que após um pequeno tempo retornam para a batalha. Dessa forma, quem eliminar mais adversários e receber menos eliminações vence a partida.

Comentários (29)

Os comentários estão agora fechados. Obrigado pela sua contribuição!

  • Carregando...